Anuncie

Revista Mercado Automotivo | Edição 260

Edição 260: Abril DE 2017
Publicidade

Por redação

Em 2017, a Rassini NHK Automotive chega aos seus 85 anos de atuação no mercado brasileiro e tem motivos de sobra para comemorar. Graças às parcerias, fusões e incorporações realizadas desde a sua fundação, a companhia estabeleceu-se como um dos principais nomes não apenas do setor automotivo, mas também mundial.

Ao longo de sua história, a empresa alterou sua nomeação por diversas vezes, fruto de mudanças também em sua composição. Atualmente conhecida como RNA, a companhia tem atuado fortemente junto às montadoras e ao mercado de reposição brasileiro.

Apesar das diversas alterações, a empresa nasceu mesmo como Fabrini, fundada em São Paulo, em 1932. Em uma época em que os carros começavam a engatinhar no país (ainda muito distante de qualquer tipo de popularização), a Rumo ao século de história Rassini NHK Automotive completa 85 anos e comemora papel conquistado no setor automotivo Em Destaque 26 empresa iniciou seus trabalhos fabricando molas de suspensão para o mercado de reposição. Um dos seus principais trunfos foi estar literalmente preparada quando as primeiras montadoras começaram a se instalar no Brasil, durante a década de 1950. A partir daí, os carros passaram a alcançar um mercado mais amplo no país, de modo que tanto a demanda das montadoras quanto a demanda do mercado de reposição automotiva passou a crescer consideravelmente, influenciando de forma positiva os negócios da empresa, então conhecida como Fabrini.

O crescimento fez com que as próprias instalações da companhia fossem ampliadas para atender a demanda. Com isso, em 1960, a empresa foi transferida para São Bernardo do Campo, para uma fábrica com 20 mil m². A Fabrini continuou evoluindo nas décadas seguintes e em 1996 passou pela primeira grande mudança em sua estrutura. Na ocasião, foi incorporada pelo grupo San Luis Rassini, que tem sede no México e produz sistemas de suspensão e frenagem. Já na época, o grupo era fornecedor de equipamentos originais para as maiores montadoras do mundo, com plantas em todo o continente americano.

História paralela

A história da RNA ao longo desses 85 anos não ficou restrita, no entanto, à história da Fabrini. Paralelamente, em 1956, era fundada a Cimebra no Rio de Janeiro. A empresa começou a fornecer peças para as montadoras em 1967, sendo incorporada em 1975 pelo grupo NHK-Spring, do Japão. A NHK, por sua vez, consolidou-se através de sua trajetória como um dos maiores fabricantes de molas do mundo, com presença garantida em praticamente todos os continentes.

Foi apenas em 1996 que os dois grupos em questão resolveram se juntar para atuar de forma conjunta no mercado brasileiro. Nasceu assim a RNA – Rassini – NHK Automotive. “A RNA mantém as marcas Fabrini para molas helicoidais e NHK para feixes de molas no mercado, dado seu alto grau de identificação e a confiança conquistada em mais de 80 anos de atuação. Através de duas plantas, uma em São Bernardo do Campo, no Estado de São Paulo e outra em Nova Iguaçu, no Estado do Rio de Janeiro, a RNA produz molas helicoidais, feixes de molas e acessórios para suspensões automotivas”, explica a companhia. Atualmente, um dos principais fatores de orgulho para a RNA está ligado às certificações de qualidade conquistadas pela companhia.

A empresa detém, por exemplo, as certificações ISO/TS 16949:2009 e ISO 14001:2004, reforçando sua preocupação em agregar qualidade ao trabalho desenvolvido. Além disso, a empresa reforça que, apesar da força que as marcas Fabrini e NHK registram no mercado de reposição, a carteira de montadoras atendidas atualmente pela RNA permite que a companhia vislumbre bons resultados nas duas frentes. Através de convênios firmados, a RNA fornece atualmente para as seguintes montadoras: Agrale, Mercedes-Benz, Ford, General Motors, Honda, Iveco, KLL, Man/ Volkswagen, Mitsubishi, Navistar, Nissan, Scania, Showa, Suspensys/ Randon, Suzuki e Toyota.

Graças ao atendimento prestado a estas montadoras, a RNA tem obtido o reconhecimento não apenas do mercado, mas também das companhias. Em prêmio recentemente promovido pela Toyota, por exemplo, a RNA foi escolhida como “Melhor Fornecedora” da montadora japonesa. Foi a segunda vez que a RNA foi promovida pela montadora neste âmbito. Vale ressaltar também a iniciativa da RNA em promover causas de caráter social. Foi graças a esse pensamento que a companhia desenvolveu o Projeto Aprender. Trata-se de um programa que oferece aulas de informática, inglês e espanhol para cerca de 60 jovens, filhos de colaboradores e moradores da comunidade local. Além disso, os jovens atendidos também recebem acesso a uma biblioteca e à internet.

A partir de atividades e iniciativas como estas, aliadas à capacidade da companhia de investir fortemente tanto no atendimento às montadoras quanto ao setor de reposição, a RNA não deixa de comemorar seus 85 anos, mas mira, de fato, no centenário que se aproxima. Para isso, a companhia seguirá apostando nos cinco valores que permearam sua história até hoje:

Compromisso: Dar o melhor de si no cumprimento das responsabilidades assumidas.

Ética: Agir com transparência a aplicar as normas estabelecidas.

Humildade: Ter sempre em mente que não sabemos tudo e que nem sempre temos razão.

Respeito: Ter boa relação com todos. União: Trabalhar com espírito de equipe

Design: Agência Bcicleta
Sistema: alc propaganda - criação de sites

Telefone: (011) 2639-1462 / 2639-1082
editora@photon.com.br