Revista Mercado Automotivo

Anuncie

Revista Mercado Automotivo | Edição 260

MATÉRIA DE CAPA - Edição 260: Abril DE 2017
Publicidade

Por redação

A cidade de São Paulo recebe, de 25 a 29 de abril, um evento que guarda características muito semelhantes àquelas utilizadas para descrever a maior metrópole da América Latina. Conhecida por congregar cidadãos de todas as nacionalidades em seu dia a dia, a cidade promoverá a 13ª edição da Automec – Feira Internacional de Autopeças, Equipamentos e Serviços.

A expectativa é que o evento receba mais de 70 mil visitantes no São Paulo Expo Exhibition&Convention Center, local com 90 mil m² disponíveis para a Feira. Além disso, segundo dados divulgados pela Reed Exhibitions Alcantara Machado, que organiza e promove a Automec, espera- se que cerca de 1.500 marcas se façam presentes no evento, provenientes de 62 países.

Com um público tão variado, a Reed Exhibitions tem buscado, nas últimas edições, obter um retorno cada vez mais qualificado a respeito das opiniões dos visitantes em relação ao que encontraram na Automec. Dessa forma, a organização tem realizado pesquisas qualitativas e quantitativas de modo a não apenas avaliar os índices de satisfação e aprovação do evento, mas também para conseguir traçar um perfil apurado a respeito do público que visita os estandes da Automec.

Os dados obtidos na última edição da Feira mostram que 82% dos que visitam a Automec participam do processo de compra em suas companhias, enquanto metade dos presentes ocupa cargos de liderança. Além disso, 53% do público deseja encontrar parceiros de negócios nos dias do encontro. Quanto à origem dos visitantes internacionais, 78% provêm de países da América Latina. Na segunda colocação aparecem os asiáticos, com 7,6%. Em relação ao total, 65% do público tem como ramo de atividade oficinas e distribuidoras. O que vale salientar, no entanto, é a aprovação dos visitantes: 99% aprovam a Automec, enquanto 98% (praticamente todos os visitantes) afirmam que pretendem retornar à próxima edição da feira.

E não é para menos. Em sua 13ª edição, a Automec consolida-se como uma das principais plataformas de divulgação da América Latina para a indústria da Reposição Automotiva, proporcionando a distribuidores, lojistas, atacadistas, varejistas e oficinas o contato direto com representantes da indústria. Uma das principais novidades deste ano é que o evento voltará a reunir expositores de peças e equipamentos leves, pesados e comerciais em uma mesma edição, o que não acontecia desde 2007.

As principais entidades do setor automotivo aprovaram a novidade e ressaltaram que a unificação de leves e pesados no evento é um pleito do setor e traz de volta toda a força da Automec, garantindo maior participação de fabricantes e também do público. “Estamos muito satisfeitos com essa proposta e acreditamos que a feira será um sucesso”, afirma Antonio Fiola, presidente do Sindirepa (Sindicato da Indústria de Reparação de Veículos e Acessórios) Nacional e do Sindirepa-SP.

“As expectativas são as melhores possíveis, principalmente em um momento em que a troca do veículo usado pelo novo está sendo postergada devido à falta de crédito e a crise. Desta forma, as pessoas estão optando em fazer manutenção no veículo para continuar rodando. Como a frota de veículos dobrou nos últimos 15 anos, todos os anos aumenta o volume de carros que saem da garantia e começam a frequentar as oficinas de confiança, movimentando o mercado de reposição. Dos 42,5 milhões de unidades da frota (automóveis, comerciais leves, caminhões e ônibus), mais de 28,5 milhões possuem idade entre 3 e 15 anos, justamente o período que frequenta as oficinas Identidade global Automec chega à sua 13ª edição com expectativa de receber milhares de visitantes e marcas de mais de 60 países Capa 20 independentes. Considerando o atual cenário econômico e as vendas de carros novos ainda em patamares semelhantes a 2016, o setor de reparação deve se manter no mesmo ritmo, com oportunidades devido à procura por serviços”, avalia o dirigente, em entrevista à revista Mercado Automotivo.

Elias Mufarej, coordenador do GMA (Grupo de Manutenção Automotiva) e conselheiro do Sindipeças (Sindicato Nacional da Indústria de Componentes para Veículos Automotores) para o mercado de reposição concorda com Fiola, mas ressalta também a localização do evento para garantir seu sucesso para um público tão diversificado e amplo. “Outros dois fatores que devem contribuir para o sucesso da feira e que marca esta nova fase são o local moderno, que permite melhor disposição dos estandes por segmentos, além de oferecer uma série de comodidades aos visitantes, e o momento favorável para o aftermarket que se destaca por atender a diversificada frota circulante estimada em 42,5 milhões de veículos”, completa.

Rodrigo Carneiro, presidente interino da Andap (Associação Nacional dos Distribuidores de Autopeças), avalia que a Automec é o evento de maior expressão do aftermarket, refletindo também a importância e o tamanho do mercado de reposição no Brasil. “Com a unificação dos segmentos leve e pesado, a feira fica ainda mais representativa e atrai mais público. Há inúmeras vantagens para os expositores que conseguem em um único evento estar próximos tanto dos clientes de leves quanto de pesados. É bom para toda a cadeia do setor de reposição”, afirma o executivo, que também falou sobre a expectativa da Andap para o evento.

“Como toda a Automec, as expectativas são positivas e contaremos com a presença das principais marcas. Sem dúvida, o evento tem tudo para ser um sucesso, como nas edições anteriores. A Andap terá estande, como em todas as edições, e receberá associados e visitantes. Também realizaremos o 1º Business Meeting, no dia 26 de abril, das 16 h às 18 h, com apresentação do jornalista e comentarista econômico, Carlos Alberto Sardenberg, que falará sobre a crise econômica e seus reflexos. O evento contará com a participação de Dan Ioschpe, presidente do Sindipeças”, completou.

Francisco de La Tôrre, presidente do Sincopeças-SP (Sindicato do Comércio Varejista de Veículos, Peças e Acessórios para Veículos), foi outro a enaltecer o retorno da Automec ao seu formato original. A decisão, segundo ele, fortalece ainda mais a feira. “A Automec é o maior evento da reposição e da reparação automotiva em toda a América Latina e reúne mais de 1.500 marcas nacionais e internacionais de 62 países, que atrai mais de 70 mil visitantes. O mercado está confiante com o sucesso do evento em novo espaço, pois o segmento de reposição de autopeças, ao contrário dos outros setores, tem se mostrado atraente e promissor. A frota circulante precisa continuar rodando em boas condições e a manutenção tem sido a saída, uma vez que a troca do usado pelo novo está sendo adiada”, avalia De La Tôrre, em entrevista à revista Mercado Automotivo.

“Também achamos interessantes as inovações programadas, entre elas, a primeira exposição da Loja-Modelo – em parceria com o Sincopeças – com tudo o que há de mais moderno no segmento. Nosso objetivo é trabalhar a capacitação e discutir questões relevantes ao setor por meio de palestras. Por isso, o Sincopeças programou para o evento o fórum ‘O aftermarket em tempo de internet’, com palestras sobre i.o T, Indústria 4.0, Sistemas de compartilhamento e conectividade e Compras no novo cenário (segmento varejo) em auditório para 200 pessoas. O Sincopeças-SP também está organizando caravanas de diferentes regiões para visitar a Automec. Durante a feira, não deixe de visitar nosso estande, pois teremos muitas novidades para o setor e para o seu negócio. A Automec é um momento oportuno para estreitar contato com o presidente, reclamar, se achar que assim deva fazer, ou elogiar, se achar que assim mereça”, completa o presidente do Sincopeças-SP.

Para Leandro Lara, diretor de Eventos da Reed Exhibitions Alcantara Machado, a Automec deste ano ocorre justamente num período em que o Brasil busca se recuperar de uma grande crise política e econômica. “O período de turbulências pelo qual passa nosso país inevitavelmente se reflete em quase todos os setores econômicos da sociedade, e nesse sentido o de autopeças, equipamentos e serviços obviamente não esteve imune ao fraco desempenho desse mercado nos últimos meses. Contudo, dados do Sindipeças apontam para uma recuperação nas vendas, sobretudo no mercado de reposição. Um estudo referente ao ano passado mostra, por exemplo, que a receita bruta do mercado de reposição para a linha leve exibiu alta de 5,80%. A nossa expectativa é a de que a feira aconteça justamente no momento dessa recuperação, ajudando a consolidar o bom desempenho do setor já para este ano e início do ano que vem”, avalia. Mas afinal, o que esperar da Automec 2017?

“O visitante da Automec 2017 encontrará, além das principais inovações apresentadas pelos fabricantes, soluções para a gestão de negócios que atendem a todos os profissionais e empresas que atuam no mercado automotivo, com atenção especial a varejistas e oficinas que buscam soluwww. revistamercadoautomotivo.com.br 21 ções para o seu dia a dia e têm como objetivo otimizar custos e melhorar seu desempenho”, afirma Lara.

“Expositores e visitantes podem encontrar no site do evento (www. automecfeira.com.br) uma série de informações e de serviços que vão auxiliar muito tanto na exposição das marcas presentes na feira quanto no planejamento das visitas, melhor aproveitamento das palestras e dos conteúdos, bem como dos benefícios proporcionados pelo aplicativo de celular que pode ser baixado gratuitamente. Há nessas ferramentas virtuais a lista de expositores, lembretes para os eventos simultâneos à feira, mapa do evento, produtos e lançamentos apresentados etc. Desse modo, expositores e visitantes têm a oportunidade de se relacionar antes, durante e depois da Automec”, frisa o executivo da Reed.

Espaços para o conhecimento

Uma das preocupações mais latentes da organização da Automec para esta edição do evento é promover um grande número de atividades que visem a capacitação profissional para visitantes e profissionais do setor automotivo. Conforme citado por De La Tôrre, a Loja-Modelo pretende apresentar ao público presente demonstrações práticas e teóricas de procedimentos operacionais tendo como padrão uma loja de funcionamento com o que há de mais moderno no segmento.

Além disso, quem for à Automec 2017 terá a oportunidade de aproveitar pela terceira edição a Oficina Modelo, que, com a unificação das atividades em mecânicas leves e pesadas, pretende mostrar ao público as principais tendências de serviços e produtos do setor, aliadas às últimas tecnologias disponíveis no mercado.

Para promover a participação dos próprios expositores, a organização promoverá o Prêmio Automec de Inovação, que reconhecerá as empresas que se destacaram e contribuíram para a evolução do setor. Destaque também para o 1º Congresso Automec, que deverá reunir referências do mercado para discutir temas ligados aos negócios do setor, como gestão, qualidade, inovação e performance. “Haverá também disponível toda uma plataforma de conteúdo tecnológico em autopeças, com apoio da Harvard Business Review”, destaca a organização do evento.

Os visitantes poderão conferir ainda a nova Arena do Conhecimento e Capacitação, com palestras em espaços abertos da feira. A Reed salienta a realização do Premium Club Plus, para compradores selecionados, Encontros de Negócios por setor, além das Caravanas dos Compradores. Na comparação com as últimas edições, a Automec de 2017 deverá ter o dobro de eventos paralelos. Dessa forma, a Feira se qualifica cada vez mais como um espaço de fomento aos negócios e ao aprendizado, levando sempre em consideração o fato de que um público tão diversificado e amplo requer soluções inovadoras e conteúdos relevantes. “O futuro está em todas as partes, por isso todos os projetos foram planejados para firmar a Automec como plataforma que dita as tendências e vislumbra o futuro do setor”, afirma Bruno Pati, show manager da Automec.

Crescimento da Automec

Alguns números ajudam a exemplificar o crescimento da Automec nestas últimas edições. A um mês do evento, praticamente todos os espaços da feira já haviam sido vendidos. Um dos resultados mais expressivos é do segmento de Acessórios, que mais que dobrou de tamanho com 212% de crescimento. O setor de acessórios inclui pneus, customização, baterias, sistemas de performance, rodas, sistemas de som, acessórios em geral, entre outros.

Além disso, o setor de Autopeças e Sistemas também obteve bons números, com alta de 38% em relação à última edição. O setor é composto por peças e funilaria, sistemas eletrônicos, pneumáticos, de resfriamento, de iluminação, elétricos, produtos para vidro, rolamentos, freios, transmissão etc.

Na parte de Reparação e Manutenção, que inclui ferramentas, equipamentos, maquinários, teste e medição, funilaria e pintura, elevadores, entre outros, a alta chegou a 27%.

Aplicativo de celular

Para acompanhar todas as informações e a programação da Automec, sem correr o risco de perder alguma atividade ou evento paralelo de interesse, a recomendação é para que o visitante baixe gratuitamente o aplicativo do evento em seu celular ou tablet. A ferramenta está disponível para os sistemas Android e iOS e permite que o usuário consiga se organizar melhor em relação àquilo que mais lhe interesse nos dias do encontro.

Vale ressaltar novamente a mudança de local da realização da feira. A Automec 2017 será realizada no São Paulo Expo Exhibition&Convention Center, situado na Rodovia dos Imigrantes, Km 1,5 – Vila Água Funda. O evento funcionará das 11 h às 20 h de terça a sexta-feira e das 9 h às 17h no sábado. Mais informações podem ser obtidas através do site oficial do evento: www.automecfeira.com.br.

A Automec pretende chegar à sua 13ª edição resgatando algo próprio de sua origem (o formato original), mas sem esquecer que seu público cada vez mais se mostra diversificado e global.

Design: Agência Bcicleta
Sistema: alc propaganda - criação de sites

Telefone: (011) 2639-1462 / 2639-1082
editora@photon.com.br