Anuncie

Revista Mercado Automotivo | Edição 259

Edição 259: Março DE 2017
Publicidade

Por redação

Em entrevista exclusiva à revista Mercado Automotivo, o executivo Edson Koga, da Koga, Koga, fala sobre a expectativa da empresa para a economia brasileira neste ano de 2017, bem como o que é esperado em relação ao próprio mercado automotivo.

Koga fala ainda sobre as medidas e inovações adotadas pela companhia para que esta chegasse a este momento com uma estrutura sólida e sem grandes receios quanto ao futuro próximo. Confira a seguir a íntegra da entrevista

Revista Mercado Automotivo - No início deste ano, a Koga, Koga promoveu o lançamento de seu novo portal. Quando e como surgiu a decisão de que era necessário reformular o portal da marca? O senhor considera que, atualmente, os próprios consumidores cobram maior dinamismo visual das companhias, especialmente na internet?

Edson Koga - A internet faz parte do dia a dia das pessoas. Atualmente mais de 60% da população brasileira acessa rotineiramente a rede.Com esse crescimento e tendo em vista o fortalecimento da marca Koga, investimos em nosso novo portal com visual moderno e atrativo. Procuramos levar aos nossos clientes informações da empresa e as melhores oportunidades de negócios que possam fazer conosco.

RMA - Além disso, a companhia também resolveu ingressar no Facebook. Como se deu essa decisão? O que a empresa espera obter e oferecer na rede social?

EK - As redes sociais são uma excelente ferramenta para nos aproximarmos de nossos clientes, seja levando informações relativas ao setor automotivo, seja para divulgar a qualidade de nossos serviços e do portfólio de produtos.

Mesmo considerando que nosso setor pouco utiliza o marketing digital, acreditamos que a médio e longo prazos esse será um diferencial importante da Koga.

RMA - Uma das principais inovações da Koga, Koga foi ter introduzido o sistema de Hipermercado de Autopeças, no qual o cliente seleciona a própria mercadoria e paga no caixa. Gostaria que falasse sobre essa inovação. Qual foi sua importância à época? Como perceberam a necessidade de criar algo do tipo?

EK - Os brasileiros gostam de automóveis e querem estar atualizados sobre as novidades de produtos para seus carros. Foi conhecendo esses hábitos dos brasileiros que a Koga até hoje disponibiliza aos seus clientes um portfólio completo e com as principais novidades. Ao entrarem em nossas lojas, nossos clientes têm a certeza de que encontram produtos da mais alta qualidade e com preços competitivos.

O autoatendimento torna a visita às nossas lojas uma forma agradável dos clientes verificarem as novidades do setor de autopeças. Esse foi um dos motivos do sucesso de uma empresa cinquentenária.

RMA - Já em 1987, a empresa tomou a decisão de entrar no mercado de Distribuição com um prédio próprio de 6.000 metros quadrados de área construída. Aquele era um momento de grande instabilidade no Brasil, e mesmo assim a empresa decidiu inovar. O senhor considera que é esse tipo de pensamento que permite às empresas permanecerem sólidas em tempos de crise?

EK - A Koga sempre acreditou e acredita no Brasil e na capacidade de nosso povo em superar momentos difíceis. A história de 53 anos da empresa demonstra que seus proprietários investem na empresa independentemente da situação econômica momentânea que o país atravessava, tendo sempre uma visão otimista a longo prazo. Os investimentos efetuados no mercado de distribuição são mais uma prova dessa visão.

RMA - Com a experiência de já ter enfrentado outros momentos difíceis no Brasil, o senhor considera que o pior da crise atual já passou? Ou ainda é cedo para esse tipo de diagnóstico?

EK - Foram três anos muito difíceis para nós, brasileiros: recessão de 8%, desemprego atingindo 12%, mas estamos saindo muito fortalecidos dessa crise. Nós aprendemos a controlar nossos governantes e a exigir transparência na gestão pública.

Consideramos que a economia brasileira em 2017 saia da recessão, porém ainda sem melhoras nos níveis de emprego. Para o mercado de reposição, projetamos um crescimento ainda baixo, baseado no aumento de 3% da frota circulante, amortizando a perda de renda das famílias.

RMA - Qual é, em sua opinião, a principal dificuldade enfrentada atualmente pelas empresas que atuam no setor de autopeças brasileiro? Por quê?

EK - Não muito diferente de outros segmentos, a queda do poder aquisitivo dos brasileiros afetou nosso mercado. Além disso, embora a Selic esteja em queda, observa-se que a taxa final de juros praticadas pelos bancos não chega às empresas e muito menos aos consumidores, fazendo com que boa parte da renda seja comprometida para o pagamento de juros. Isso emperra o crescimento do Brasil.

A alta carga tributária e a complexidade de nosso sistema tributário também são fatores que impactam negativamente o nosso setor.

RMA - Em um período como este que enfrentamos, o senhor considera que a melhor estratégia é expandir o ramo de atuação para outros segmentos ou especializar- se em determinado serviço/segmento?

EK - Consideramos que a melhor estratégia é maximizar a utilização dos ativos já existentes da empresa tendo em vista a melhor gestão de caixa. Isso pode significar até mesmo a expansão para outros segmentos desde que para isso não se utilize capitais de terceiros dado o elevado custo deste capital.

RMA - A Koga, Koga tem atualmente três unidades no Estado de São Paulo. Há perspectivas para ampliar o negócio em outros Estados?

EK - Nossa expectativa é de crescimento independentemente da região. Iremos investir onde houver as melhores oportunidades de negócios.

RMA - A Koga, Koga, em sua história, sempre foi uma empresa preocupada com a questão da inovação. Atualmente, o senhor acredita que falta inovação no setor de autopeças? Por quê?

EK - O setor automotivo é um dos que mais inovam no mundo e o mercado independente de autopeças necessita obrigatoriamente acompanhar essa evolução. Nosso setor é composto por empresas tradicionais e que souberam mesclar a inovação tecnológica com o tratamento pessoal e personalizado aos clientes. A profissionalização ocorrida há alguns anos em nosso segmento nos tornou modelos de gestão e de inovação.

RMA - Por fim, gostaria que deixasse uma mensagem a todos os funcionários e colaboradores da Koga, Koga em relação aos desafios e às oportunidades que poderão aparecer neste ano de 2017.

EK - Uma empresa de 53 anos de tradição no mercado de autopeças obteve todo esse sucesso porque pôde contar com uma equipe motivada e comprometida com o bom atendimento de nossos clientes. Temos muito orgulho das pessoas que fazem parte de nosso time demonstrado em nossa política de "Portas Abertas" onde todos podem opinar e dar sugestões de melhorias em nossos processos.

Cada um de nossos colaboradores faz parte dessa história de sucesso e do sucesso futuro que com certeza teremos pela frente pois isso só se conquista com muito trabalho, determinação e disciplina, virtudes predominantes em nossa equipe.

Design: Agência Bcicleta
Sistema: alc propaganda - criação de sites

Telefone: (011) 2639-1462 / 2639-1082
editora@photon.com.br