Anuncie

Revista Mercado Automotivo | Edição 259

Edição 259: Março DE 2017
Publicidade

Por redação

Em 2017, o grupo Knorr-Bremse comemora quarenta anos de atuação no Brasil. Um dos principais fabricantes de sistemas de frenagem e sistema embarcado para veículos ferroviários e comerciais do mundo, o grupo identifica o Brasil com potencial para desenvolver suas atividades e manter o crescimento global, ainda que o país tenha atravessado nos últimos anos períodos de turbulência política e econômica.

A Knorr-Bremse teve início no Brasil em 1977, quando começou suas atividades com sistemas de freios ferroviários dentro das instalações da MWM, ainda com o nome IFK (Indústria de Freios Knorr Ltda.).

No ano seguinte, no mesmo local, a empresa passou a trabalhar também com sistemas de freios rodoviários. O crescimento inicial não demorou a acontecer e logo em 1983 a empresa comprou uma fábrica na cidade de Santo Amaro, região metropolitana de São Paulo.

Após reformar e ampliar o local, instalou-se ali a sede da Knorr-Bremse Brasil. Em 1986, a Indústria de Freios Knorr (IFK) foi transferida da MWM para a nova fábrica de Santo Amaro. A partir de então, a IFK assume da MWM a fabricação de sistemas de freios.

Importante perceber ao longo das últimas quatro décadas a preocupação da Knorr-Bremse no Brasil em fomentar seu crescimento de forma segura e sustentável. Ou seja, evitou-se a todo custo dar um “passo maior que as pernas”. Dessa forma, toda a evolução da companhia baseou-se ao longo das décadas em estruturar sua produção e seu escopo de trabalho para, posteriormente optar-se pela tarefa seguinte: fosse ela a ampliação das instalações, o crescimento da produção ou até mesmo a busca por novos mercados. Em 1995, ocorreu a criação das divisões Sistemas para Veículos Rodoviários e Sistemas para Veículos Ferroviários sob o controle da Holding IFK. A partir de então, desenvolveram-se os procedimentos e atividades que resultaram em um cenário no qual a fábrica atingiu seu limite de capacidade nos anos seguintes. 

Com isso, em 2008, optou-se pela compra de um novo terreno, desta vez em Itupeva, interior de São Paulo. Nos anos seguintes, mais precisamente entre 2011 e 2012, a Knorr-Bremse trabalhou fortemente na construção de sua nova fábrica e posteriormente na transferência de sua produção de São Paulo para Itupeva.

Foi nos anos seguintes que a companhia deu início à chamada Operação “Best-in-class” que, basicamente, consistia na adoção de procedimentos e técnicas que visavam um novo crescimento amplo e geral. Desta vez, no entanto, em um projeto ainda mais integrado à natureza e, principalmente, deixando o terreno preparado para futuras expansões. Com essa mentalidade, a companhia passou a adotar no Brasil métodos mais modernos de produção, também conhecidos como Lean Production, já adotados em outras gigantes multinacionais de diversos setores.

Além disso, passou a promover uma reestruturação de todos os seus processos produtivos com um claro pensamento sustentável. Para isso, a Knorr-Bremse fomentou no Brasil a elevação de seus padrões de saúde, segurança e desempenho ambiental (na sigla conhecida como HSE na companhia). O objetivo? Melhorar a qualidade de vida dos funcionários e impactar positivamente as comunidades vizinhas.

Dessa forma, a empresa passou a focar sua atuação na prevenção ou minimização dos impactos negativos causados por seus processos e serviços, tanto no que diz respeito ao meio ambiente quanto para a saúde e segurança como um todo.

Um segundo objetivo seria melhorar a própria eficiência energética na manufatura e na aplicação de seus produtos.“ Nós cumprimos, no mínimo, com os requisitos legais aplicáveis ao meio ambiente, energia, saúde e segurança, englobando nossos procedimentos internos de HSE. Nós estabelecemos práticas corporativas padronizadas na ausência de requisitos legais específicos”, explica a companhia, em comunicado divulgado em seu site. Responsabilidade Social Quando já tinha quase 30 anos de atuação no Brasil, a Knorr-Bremse voltou sua atuação também para um campo muitas vezes esquecido pelas empresas multinacionais que passam a atuar no país: a responsabilidade social.

“A Knorr-Bremse Brasil acredita que a responsabilidade social é um fator essencial para o sucesso de uma empresa. E com base neste princípio desenvolvemos projetos para auxiliar no desenvolvimento das pessoas internas e externas focando na formação de cidadãos com base na educação”, destaca a empresa. Foi pensando dessa forma que, em 2005, a companhia deu início ao projeto Formare – Uma escola para a vida. O objetivo da iniciativa é capacitar 20 adolescentes por ano em um curso técnico básico, de modo que os participantes possam desenvolver suas potencialidades e ingressar no mercado de trabalho.

Além disso, o projeto fomenta a participação voluntária dos colaboradores da empresa em projetos sociais. “A rede Formare é composta por escolas profissionalizantes operadas por empresas através de seus educadores voluntários para beneficiar jovens de baixa renda da comunidade. Os cursos têm duração de um ano escolar e seu desenho obedece às características de empregabilidade da região.

A orientação pedagógica baseia- -se nas recomendações do Ministério da Educação, que prevê o desenvolvimento de competências e habilidades obtidas através da associação da teoria e da prática. Os cursos são certificados por instituição federal vinculada ao MEC (Ministério da Educação e Cultura)”, explica a empresa. O Formare foi criado pela Fundação Iochpe, organização civil sem fins lucrativos, dedicada a apoiar profissionais e empresas em suas ações de investimento social. Com isso, a Knorr-Bremse, que já tem mais de 100 anos de atuação no mercado global, vai construindo sua história de sucesso também no Brasil.

A tarefa não é simples, mas a companhia tem se estruturado de modo a manter seu crescimento sustentável no Brasil, ampliando seus mercados e também garantindo que essa evolução se dará sobre bases sólidas e que respeitem tanto o meio ambiente quanto a segurança e saúde de seus próprios colaboradores.

Design: Agência Bcicleta
Sistema: alc propaganda - criação de sites

Telefone: (011) 2639-1462 / 2639-1082
editora@photon.com.br