Anuncie

Revista Mercado Automotivo | Edição 262

Edição 262: Junho DE 2017
Publicidade

Por Redação

O ano de 2017 é muito especial para a DPK. A empresa completa três décadas de história, com uma atuação que a qualifica atualmente como um dos principais nomes do setor de reposição automotiva no Brasil. Mais do que chegar a esta importante marca de sua trajetória, a empresa comemora também o fato de manter em seu DNA características como inovação e jovialidade no que diz respeito às estratégias de negócios e de atuação.

Ao chegar aos seus 30 anos, a DPK depara-se com um momento delicado no país, que atravessa uma de suas piores crises econômicas e certamente o período político mais turbulento de sua história. A indústria, em seus diversos setores produtivos, não busca apenas sobreviver a este momento, mas manter-se forte o bastante para crescer assim que esta nuvem negra deixar o céu nacional. Apesar de difícil, o cenário atual se assemelha bastante ao momento em que a DPK nasceu.

Na época, em 1987, os brasileiros também passavam por todas as dificuldades relativas a um processo de transição política. A indústria brasileira vivia a expectativa de uma abertura econômica, que certamente traria mudanças significativas ao mercado nacional. Com as dificuldades causadas também pela inflação fora de controle, a atividade industrial naquele momento exigia coragem e determinação.

Foi dessa forma que a DPK nasceu em 1987, ainda sob a denominação Kabrino, quando passou a fazer parte do Grupo DPaschoal. Três anos depois, a distribuidora Kabrino passou a adotar o nome DPK, tornando-se uma distribuidora nacional. O movimento foi ancorado em um crescimento que, já naquela época, mostrava-se constante e sólido a partir de um estreito relacionamento com os fornecedores.

A evolução nos anos seguintes e o crescimento das operações fez com que a DPK ampliasse seu raio de atuação para outras regiões do país, buscando atingir um número muito mais significativos de consumidores.

Atualmente, a empresa conta com18 filiais espalhadas pelo país, nas cidades de Belém, Belo Horizonte, Brasília, Campo Grande, Curitiba, Florianópolis, Fortaleza, Goiânia, Porto Alegre, Pouso Alegre, Presidente Prudente, Recife, Ribeirão Preto, Rio de Janeiro, Salvador, São Paulo e Vitória. A matriz está localizada em Campinas (SP).

Ao longo de sua história, no entanto, a DPK sempre demonstrou preocupação em não apenas expandir sua atuação no Brasil, mas também em manter a qualidade dos serviços prestados. Afinal, se realizada de forma desorganizada e desestruturada, a expansão dos negócios pode simplesmente comprometer toda a estrutura de uma empresa.

Assim, desde o seu início, a DPK tem investido em sistemas que garantam a qualidade do que ela oferta. Já em 1992, ciente de que a velocidade era determinante em seus serviços, a DPK estabeleceu políticas que garantissem a separação dos produtos em até 20 minutos e a entrega dos pedidos em qualquer parte do país em até 48 horas. Em um momento em que as tecnologias ainda eram escassas, o esforço foi grande para garantir que as inovações fossem, de fato, cumpridas em todo o país.

Em 1994, a empresa passou a adotar o código de barras para aumentar a velocidade e a precisão de seus pedidos. Dois anos depois, a inovação da DPK se deu em um contexto mais amplo, que considerava um planejamento de marketing de modo a unificar as ações da companhia. O objetivo era atingir e manter a liderança nos mercados em que atuava.

Também neste período, dá início à chamada loja ideal, e o consultor de vendas substitui o balconista no atendimento aos clientes. Para isso, a empresa precisou criar treinamento específico para o varejo, com a meta de atualizar os profissionais que passariam a exercer essas funções.

A preocupação com a atualização dos profissionais também foi significativa para a DPK nestes últimos 30 anos. Ciente de que a incorporação de novas tecnologias no mercado também traria dificuldades para profissionais de fora da empresa, a DPK desenvolveu o Maxxi Training, um verdadeiro distribuidor de conhecimento cujo principal objetivo é atender a demanda de capacitação do setor automotivo brasileiro. Criado em 2011, o Maxxi Training já é uma divisão do Grupo DPaschoal, mas segue refletindo o entendimento da companhia de que é necessário capacitar aqueles que atuam no mercado automotivo, de modo a melhorar até mesmo o serviço final prestado aos clientes.

Os cursos são realizados em todo o Brasil e são apresentados em módulos aos participantes.

Responsabilidade social
Em sua história mais recente, a DPK tem mostrado também uma profunda sensibilidade em relação a temas que carecem de atenção na sociedade brasileira.

Ciente do abismo que separa homens e mulheres no ambiente profissional brasileiro, a empresa realizou neste ano seu 1º Fórum de Empoderamento Feminino, que contou com a presença de clientes, varejistas, aplicadoras e especialistas, além de outras convidadas especiais. Na ocasião, a DPK chamou a atenção para um tema de extrema atualidade, mas que ainda é ignorado por boa parte da indústria. De acordo com o último Relatório de Desigualdade Global de Gênero do Fórum Econômico Mundial, entre 144 países avaliados, o Brasil ocupa a posição 129ª no que diz respeito a igualdade de homens e mulheres no mercado de trabalho.

O evento da DPK ajudou a debater a questão, mas focou também na aplicação do assunto especificamente no setor automotivo. “Assuntos como o assédio e o machismo no ambiente automotivo renderam debates e trocas de experiência, bem como a desigualdade entre homens e mulheres, o machismo no mercado automotivo e as liberdades de escolha, individuais a cada um”, destacou a empresa, em comunicado divulgado sobre o evento.

Após o evento, Márcia Bonfim, gerente de Marketing da DPK, demonstrou que o interesse da companhia pelo tema não é pontual e ressaltou sua continuidade.

“Estamos pensando, inclusive, em levar esse formato para outras filiais. Além disso, vamos montar um blog sobre os assuntos, que ficará dentro do nosso portal. O objetivo é aprofundar, cada vez mais, essa importante discussão”, afirmou.

Nos últimos três anos, a DPK seguiu trazendo inovações que ajudam a conceituá-la como uma das principais empresas do país. Em 2014, por exemplo, criou o DPKLUB, um programa de fidelidade que permite aos clientes da empresa acumular pontos a partir do consumo de seus produtos. Esses pontos podem ser trocados posteriormente por prêmios.

No ano seguinte, a companhia apresentou o KDAPEÇA, plataforma on-line que conta com um catálogo de consultas e compras da DPK. O serviço oferece uma série de benefícios aos consumidores e torna muito mais rápida a transmissão de pedidos e o cadastro de itens com fotos e informações detalhadas.

Ao longo de sua história, a DPK apenas tem reforçado através de seus lançamentos e estratégias que é uma empresa que atingiu sua maturidade no âmbito administrativo e de negócios.

Isso não significa, entretanto, que a companhia deixou de pensar em novidades. O contrário, a DPK está sempre de olho no que pode agregar aos seus negócios, antecipando demandas e carências do mercado.

Design: Agência Bcicleta
Sistema: alc propaganda - criação de sites

Telefone: (011) 2639-1462 / 2639-1082
editora@photon.com.br